IMPUNIDADE AOS CRÁPULAS DEIXA EM DESCRÉDITO A DELEGACIA DE TRÂNSITO E ESTELIONATO

SAUDADE QUE NÃO SE PODE MEDIR
O jornal O Diario deste domingo, 07/07/2013, vem como materia de capa, estampando os nomes das vítimas de trânsito em Maringá, abordando que só em Maringá há 400 mortes no trânsito sem resposta, o que leva muitos criminosos do trânsito ficarem impune. Apenas três casos foram a júri popular e não existem nem um réu preso na cidade. No meu caso, o fanfarrão imbecil depois de matar meu filho no trânsito, além de não dá nenhuma atenção e satisfação, foi para praia, enquanto eu e minha família velava em dor e sofrimento meu único filho. Sem dizer que já faz mais de 1 ano e meio e até hoje não abriram nem sequer o inquérito para apurar o acidente. Necessitando acionar o Estado por meio de advogado. É por este tipo de falta de respeito pelo ser humano e muitas ingerências na política brasileira que o povo esta dizendo nas ruas que não suporta mais a corrupção, a politicagem nojenta, políticos que só pensa em roubar e enganar os eleitores. Mas como a justiça dos homens é falha, a de Deus jamais falhará e ela vai chegar muito mais cedo que muitos estão pensando. E eu enquanto vida viver, vou procurar honrar o nome de meu Deus e de Hugo Mikael Silva Lima, procurando fazer as coisas certas dentro da política.   

1 comentário

Diogo Monteiro em 8 de julho de 2013 17:10

Há um ano atrás perdi meu avó em sarandi, faleceu após ser atropelado por um coletivo! Acho que os responsáveis deveriam responder judicialmente!
Assim criariam mais responsabilidade no trânsito!

 
Design by Sarandi AgorA 44.8868-2571